Uma coroa branca sendo segurada por cordões transparentes

Os Reis dos Hebreus - Parte 2

24/06/2022
Por Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


Dando continuidade ao estudo sobre os reis dos hebreus, vamos ver como foi a vida dos descendentes do rei David.


Abiam, filho de Roboão assume o reino de Judá, mas reinou apenas três anos e foi tão desobediente ao Eterno quanto o seu pai.

Roboão e Jeroboão, rei de Israel, guerrearam durante toda a sua vida, Abiam também guerreou contra Jeroboão.

O Eterno concedeu um filho a Abiam e este o sucedeu.

Quando Asa assumiu o governo, Jeroboão estava no vigésimo ano do seu reinado.

Asa agiu diferente do seu pai e do avô, pois fez a vontade do Eterno, removeu as abominações do meio do povo e reinou por quarenta anos.

Asa fez o que o Senhor aprova, tal como Davi, seu predecessor.

Expulsou do país os prostitutos cultuais e se desfez de todos os ídolos que seu pai havia feito.

Chegou até a depor sua avó Maaca da posição de rainha-mãe, pois ela havia feito um poste sagrado repugnante. Asa derrubou o poste e o queimou no vale do Cedrom.

Embora os altares idólatras não tenham sido eliminados, o coração de Asa foi totalmente dedicado ao Senhor durante toda a sua vida. 1 Reis 15:11-14


Jeroboão reinou vinte dois anos em Israel, após a sua morte seu filho Nadabe reinou no seu lugar por dois anos, mas;

Fez o que era mau aos olhos do Senhor e andou nos caminhos de seu pai e no pecado que seu pai levou Israel a cometer. 1 Reis 15:26


Seu irmão Baasa o assassinou e reinou em seu lugar;

Baasa, filho de Aías, da casa de Issacar, conspirou contra ele e o matou em Gibetom, que era dos filisteus, quando Nadabe e todo o Israel cercavam Gibetom.

No terceiro ano do reinado de Asa, rei de Judá, Baasa matou Nadabe e passou a reinar em seu lugar.

Logo que começou a reinar, matou toda a descendência de Jeroboão. Não deixou ninguém com vida; exterminou todos, segundo a palavra do Senhor, anunciada por meio do seu servo Aías, de Siló, por causa dos pecados que Jeroboão havia cometido e pelos que havia levado Israel a cometer, por causa da provocação com que havia irritado o Senhor, Deus de Israel. 1 Reis 15:27-30

Baasa reinou por vinte e quatro anos, mas também falhou diante do Eterno.

Fez o que era mau aos olhos do Senhor e andou no caminho de Jeroboão e no seu pecado, o qual havia feito Israel cometer. 1 Reis 15:34


Mais uma vez a maldição do Eterno foi proferida contra um mau rei;

Por isso, Baasa, vou exterminar você e os seus descendentes e vou fazer com a sua casa o que fiz com a casa de Jeroboão, filho de Nebate.

Se alguém da casa de Baasa morrer na cidade, os cães o comerão; e se alguém morrer no campo, as aves do céu o comerão. 1 Reis 16:3,4


Baasa morreu e Elá, seu filho, reinou em seu lugar.

Elá reinou dois anos em Israel e foi traído e assassinado.


Zinri, seu servo, comandante da metade dos carros de guerra, conspirou contra ele. Elá estava em Tirza, bebendo e embriagando-se na casa de Arsa, seu encarregado em Tirza.

Zinri entrou na casa, atacou Elá e o matou, no vigésimo sétimo ano do reinado de Asa, rei de Judá. E Zinri reinou em lugar de Elá. 1 Reis 16:9,10


Zinri executou o juízo do Eterno contra Baasa;

Logo que começou a reinar e se assentou no trono, Zinri matou todos os descendentes de Baasa; não lhe deixou nenhum do sexo masculino, nem dos parentes, nem dos seus amigos.

Assim, Zinri exterminou todos os descendentes de Baasa, segundo a palavra do Senhor, anunciada por meio do profeta Jeú, contra Baasa, 1 Reis 16:11,12


Pela conspiração de Zinri e pelo assassinato de Elá e toda a descendência de Baasa, ele só reinou sete dias, e por ter sido reprovado pelo povo de Israel ele foi sitiado, suicidou e morreu queimado no palácio real de Tirza.


O povo de Israel escolheu Onri, o comandante do exército, para suceder a Zinri e ele reinou doze anos. Contudo!

Onri fez o que era mau aos olhos do Senhor; fez pior do que todos os reis que vieram antes dele. 1 Reis 16:25


Após a morte de Onri, seu filho Acabe reinou em seu lugar e reinou vinte e dois anos.

Acabe, filho de Onri, fez o que era mau aos olhos do Senhor, mais do que todos os reis que vieram antes dele.

Como se fosse pouca coisa andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, Acabe foi mais longe e tomou por mulher Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, serviu Baal e o adorou. 1 Reis 16:30,31


Seguindo a tendência de todos os reis das dez tribos de Israel, ele pecou seriamente;

Acabe fez também um poste da deusa Aserá, de maneira que cometeu mais abominações para irritar o Senhor, Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que vieram antes dele. 1 Reis 16:33


Elias foi a voz do Eterno para se opor ao rei idólatra.

Acabe perguntou a Elias: — Então, meu inimigo, você já me achou? Elias respondeu: — Achei, sim, porque você já se vendeu para fazer o que é mau aos olhos do Senhor.

Eis que trarei o mal sobre você, arrancarei a sua posteridade e exterminarei de Acabe todos do sexo masculino, quer escravo quer livre, em Israel.

Farei com a sua casa o mesmo que fiz com a casa de Jeroboão, filho de Nebate, e com a casa de Baasa, filho de Aías, por causa da provocação com que você me irritou e levou Israel a pecar.

Também de Jezabel o Senhor falou: "Os cães devorarão Jezabel dentro das muralhas de Jezreel.

Se alguém da casa de Acabe morrer na cidade, os cães o comerão; e se alguém morrer no campo, as aves do céu o comerão."

Nunca houve ninguém igual a Acabe, que se vendeu para fazer o que era mau aos olhos do Senhor, porque Jezabel, sua esposa, o instigava. 1 Reis 21:20-25

Acabe morreu como havia sido dito que o seria, bem como Jesabel.


Vemos o quanto o Eterno leva em conta as nossas ações e o quanto é misericordioso, que Acabe, quando ouviu a sentença da parte do Eterno ele se humilhou diante do Senhor foi poupado de ver toda a desgraça com os seus descendentes.

Quando Acabe ouviu estas palavras, rasgou as suas roupas, cobriu-se de pano de saco e jejuou; dormia vestido de pano de saco e andava cabisbaixo.

Então a palavra do Senhor veio a Elias, o tesbita, dizendo:

Você viu como Acabe se humilhou diante de mim? Portanto, visto que ele se humilha diante de mim, não trarei este mal nos seus dias, mas nos dias de seu filho o trarei sobre a sua casa. 1 Reis 21:27-29

É confortador sabermos o quanto o Eterno fica atento aos nossos atos, pois tudo Ele leva em consideração.


Já em Judá, durante os quarenta anos do reinado de Asa aconteceram todas estas coisas em Israel.

Asa foi obediente às determinações do Eterno e experimentou bênçãos durante o seu reinado, mas durante o quarto ano do reinado do rei Acabe, morre Asa e o seu filho Josafá reina em seu lugar.

Josafá andou em todos os caminhos de Asa, seu pai; não se desviou deles e fez o que era reto aos olhos do Senhor. 1 Reis 22:43


Já em Israel;

Assim, Acabe morreu, e Acazias, seu filho, reinou em seu lugar. 1 Reis 22:40

Conforme predito pelo Eterno, os descendentes de Acabe seriam tão depravados quanto os seus ascendentes;

Fez o que era mau aos olhos do Senhor, pois andou nos caminhos de seu pai, bem como nos caminhos de sua mãe e nos caminhos de Jeroboão, filho de Nebate, que levou Israel a pecar. 1 Reis 22:53


Acazias sofreu um acidente no palácio e se feriu gravemente, mas para saber se morreria ou não, enviou seus servos para consultar o deus de Ecron ao invés de consultar o Deus de Israel, e isso lhe custou caro;

Elias disse ao rei: — Assim diz o Senhor: "Por que você enviou mensageiros para consultar Baal-Zebube, deus de Ecrom? É porque não há Deus em Israel, cuja palavra se possa consultar? Portanto, da cama em que está deitado você não sairá mais. Você certamente morrerá!"

E assim Acazias morreu, segundo a palavra do Senhor, anunciada por Elias. E Jorão, irmão de Acazias, começou a reinar em seu lugar, no segundo ano do reinado de Jeorão, filho de Josafá, rei de Judá. Isto porque Acazias não tinha filhos. 2 Reis 1:16,17


Enquanto isso, em Judá;

No quinto ano do reinado de Jorão, filho de Acabe, rei de Israel, quando Josafá ainda reinava em Judá, Jeorão, filho de Josafá, rei de Judá, começou a reinar. 2 Reis 8:16

Após os vinte e cinco anos de reinado de Josafá onde Judá teve um bom testemunho do seu rei, Jeorão interrompe o tempo de fidelidade e reina como um déspota opositor ao Eterno;

Andou nos caminhos dos reis de Israel, como também fizeram os da casa de Acabe, porque era casado com uma filha dele. E Jeorão fez o que era mau aos olhos do Senhor.

Porém o Senhor não quis destruir Judá por amor a Davi, seu servo, segundo a promessa que lhe havia feito de dar uma lâmpada a ele e aos seus filhos para sempre. 2 Reis 8:18,19

O Eterno suportou Jeorão por oito anos.


Morreu Jeorão e Acazias, seu filho reinou no seu lugar, mas Acazias seguiu o mesmo caminho do seu pai e só reinou por um ano.


Nesse meio tempo, em Israel o Eterno instruiu o profeta Elizeu a ungir Jeú, um capitão do exército, como rei de Israel no lugar de Jorão.

Então Jeú se levantou e entrou na casa. O jovem derramou o azeite sobre a cabeça de Jeú e lhe disse: — Assim diz o Senhor, Deus de Israel: "Eu o ungi para ser rei sobre o povo do Senhor, sobre Israel.

Você porá fim à casa de Acabe, seu senhor, para que eu vingue da mão de Jezabel o sangue de meus servos, os profetas, e o sangue de todos os servos do Senhor. 2 Reis 9:6,7

Jeú matou Jorão e também o rei de Judá Acazias que estava visitando o rei de Israel.


Jeú acabou com o culto a Baal trazido por Jesabel a Israel, mas não levou o povo ao Eterno, porque manteve ainda os bezerros de ouro que Jeroboão havia feito;

Assim, Jeú acabou com o culto a Baal em Israel.

Mas Jeú não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer, a saber, dos bezerros de ouro que estavam em Betel e em Dã. 2 Reis 10:28,29


Jeú reinou em Samaria por vinte e oito anos;

Jeú morreu e foi sepultado em Samaria. E Jeoacaz, seu filho, reinou em seu lugar. 2 Reis 10:35


Em Judá, a mãe do rei Acazias deu golpe e reinou no lugar do filho;

Quando Atalia, mãe de Acazias, viu que seu filho era morto, levantou-se e destruiu toda a descendência real.

Mas Jeoseba, filha do rei Jorão e irmã de Acazias, raptou Joás, filho de Acazias, do meio dos filhos do rei que seriam mortos e o pôs, juntamente com a sua babá, numa câmara interior; e, assim, o esconderam de Atalia, e ele não foi morto.

Joás esteve com ela, escondido na Casa do Senhor, durante seis anos; e Atalia reinava no país. 2 Reis 11:1-3


O sacerdote Joiada, que protegeu o filho do rei, agiu para que o exército tomasse o menino e o coroaram com rei de Judá, e à Atália, ela foi morta pelos seus crimes e para proteção do rei.

Reuniu os capitães dos cários, os da guarda e todo o povo da terra, e todos estes conduziram o rei desde a Casa do Senhor até o palácio real, passando pelo portão da guarda. E Joás sentou-se no trono dos reis.

Todo o povo da terra se alegrou, e a cidade ficou tranquila, depois que mataram Atalia à espada, junto ao palácio real.

Joás tinha sete anos de idade quando o fizeram rei. 2 Reis 11:19-21

Joás foi fiel ao Eterno e cuidou da manutenção do templo.


Joás reinou quarenta anos, foi assassinado e seu filho Amazias reinou em seu lugar.


Em Israel, Jeoacaz, filho de Jeú, começou a reinar em Samaria.

Jeoacaz fez o que era mau aos olhos do Senhor e andou nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer; não se afastou deles.

Por isso a ira do Senhor se acendeu contra Israel, e ele os entregou nas mãos de Hazael, rei da Síria, e nas mãos de Ben-Hadade, filho de Hazael, todos aqueles dias. 2 Reis 13:2,3

Se algo podemos aprender nestes casos é como se colhe os males feitos contra o Eterno, mas ao mesmo tempo o quanto Ele é longânimo;

Porém Jeoacaz fez súplicas diante do Senhor, e o Senhor o ouviu, pois viu a opressão com que o rei da Síria atormentava Israel.

O Senhor deu um salvador a Israel, de modo que os filhos de Israel se livraram do poder dos sírios e puderam morar, de novo, em suas casas, como antes.

Contudo, não se afastaram dos pecados da casa de Jeroboão, que este levou Israel a cometer, mas andaram neles; e também o poste da deusa Aserá permaneceu em Samaria. 2 Reis 13:4-6

Observamos que a misericórdia do Eterno é sem medida, mas mesmo quando pessoas recebem bênçãos, nem sempre são agradecidas.


E a vida seguiu em Israel se grandes mudanças;

Jeoacaz morreu e foi sepultado em Samaria. E Jeoás, seu filho, reinou em seu lugar.

No trigésimo sétimo ano do reinado de Joás, rei de Judá, Jeoás, filho de Jeoacaz, começou a reinar sobre Israel, em Samaria; e reinou dezesseis anos.

Fez o que era mau aos olhos do Senhor. Não se afastou de nenhum dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer; porém andou neles. 2 Reis 13:9-11


Depois de um tempo;

Jeoás morreu, e no seu trono se assentou Jeroboão ... 2 Reis 13:13


Enquanto isso em Judá;

No segundo ano do reinado de Jeoás, filho de Jeoacaz, rei de Israel, Amazias, filho de Joás, rei de Judá, começou a reinar.

Tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar e reinou vinte e nove anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jeoadã e era de Jerusalém.

Amazias fez o que era reto aos olhos do Senhor, ainda que não como Davi, seu pai; mas fez segundo tudo o que o seu pai Joás havia feito. 2 Reis 14:1-3


Em Israel;

No décimo quinto ano do reinado de Amazias, filho de Joás, rei de Judá, Jeroboão, filho de Jeoás, rei de Israel, começou a reinar em Samaria; e reinou quarenta e um anos.

Jeroboão fez o que era mau aos olhos do Senhor. Jamais se afastou de nenhum dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer.

Restabeleceu os limites de Israel, desde a entrada de Hamate até o mar da Arabá, segundo a palavra do Senhor, Deus de Israel, anunciada por meio de seu servo Jonas, filho de Amitai, o profeta, que era de Gate-Hefer.

Porque o Senhor viu que a aflição de Israel era muito amarga, porque não havia nem escravo, nem livre, nem quem socorresse Israel. 2 Reis 14:23-26


Jeroboão morreu e foi sepultado nos túmulos dos reis de Israel; e Zacarias, seu filho, reinou em seu lugar. 2 Reis 14:29


Em Judá;

No vigésimo sétimo ano do reinado de Jeroboão, rei de Israel, Azarias, filho de Amazias, rei de Judá, começou a reinar.

Tinha dezesseis anos de idade quando começou a reinar e reinou cinquenta e dois anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jecolias e era de Jerusalém.

Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor, segundo tudo o que Amazias, seu pai, havia feito. 2 Reis 15:1-3


De volta para Israel;

No trigésimo oitavo ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Zacarias, filho de Jeroboão, reinou sobre Israel, em Samaria, durante seis meses.

Fez o que era mau aos olhos do Senhor, como tinham feito seus pais. Não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer.

Salum, filho de Jabes, conspirou contra ele, atacou-o diante do povo, matou-o e reinou em seu lugar. 2 Reis 15:8-10


Assim o Eterno cumpriu o que prometeu;

Esta foi a palavra que o Senhor falou a Jeú: "Os seus filhos, até a quarta geração, se assentarão no trono de Israel." E assim aconteceu.

Salum, filho de Jabes, começou a reinar no trigésimo nono ano do reinado de Uzias, rei de Judá; e reinou durante um mês em Samaria. 2 Reis 15:12,13


E seguiu o padrão dos reis de Israel;

Fez o que era mau aos olhos do Senhor. Durante todos os seus dias não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer. 2 Reis 15:18

Menaém morreu, e Pecaías, seu filho, reinou em seu lugar. 2 Reis 15:22


Todos esses exemplos mostram que em Israel não houve nenhum rei que levasse o povo a servir o seu Deus que os tirou do Egito, mas sempre, desde que o reino de David e Salomão foi dividido, eles se rebelaram contra o Eterno


Mas uma coisa não foi registrada nos livros dos feitos dos reis de Israel, de todas as dez tribos existiram pessoas que quiseram manter a sua fidelidade à Torá e aos ensinos de Moisés, e essas pessoas se moveram das terras de Israel e se mudaram para Judá e para Jerusalém, conforme encontramos em;

Tiago, servo de Deus e do Senhor Yeshua haMashiach, às doze tribos que se encontram na Diáspora. Saudações. Tiago 1:1

E também várias citações no Brit Chadashá sobre pessoas de várias das tribos, significando que as tribos do norte foram dispersas e perdidas, mas as que permaneceram em Judá continuam até os dias de hoje, para que se cumpra sempre a palavra do Eterno em suas promessas.

Mantenhamos a nossa confiança plenamente fundamentada no nosso Criador, Ele nunca falha.

Escrito por

Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


Compartilhe:


Leia também:

Estudo sobre Romanos - Parte 7

Vai um cookie aí?

Nós utilizamos cookies para aprimorar a sua experiência em nosso site. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.

Saiba Mais