O Caminho certo e o errado

14/05/2021
Por Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


Significado de Caminho

substantivo masculino - Faixa de terreno para trânsito de pedestres ou de veículos; estrada.

[Figurado] - Meio de alcançar um resultado; direção.


Nas Escrituras encontramos as duas formas de uso desta palavra, sendo a figurada a mais frequente.

Pois o Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição! Salmos 1:6

Uma grande multidão estendeu seus mantos pelo caminho, outros cortavam ramos de árvores e os espalhavam pelo caminho. Mateus 21:8


Uma vez que já sabemos bem o significado de caminho, então vamos ver as recomendações que encontramos neste tema.

Todos conhecem a expressão “todos os caminhos levam a Roma”. No primeiro século da EC essa expressão condizia com a verdade, pois o Império romano construiu estradas por milhares de quilômetros que facilitavam a comunicação entre as colônias e a sede administrativa.

Mas existe uma variante que já não condiz com a verdade, que é a afirmação de que “todos os caminhos levam a Deus”, significando que qualquer religião leva o homem a conhecer o Criador.

Vejamos, se alguém quiser ir para o Rio de Janeiro a partir de São Paulo, não poderá pegar a rodovia Bandeirantes e seguir em frente, há caminho certo e há caminho errado. Para ir ao Reino do Eterno há um caminho certo e muitos errados.

Respondeu Yeshua: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”. João 14:6


Mas, só Yeshua é o caminho? Como ficam os antepassados antes dele?

O caminho também já era único, era o caminho da justificação.

Pois o Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição! Salmos 1:6


Bem, vamos ver o que a Torá diz!


Os filhos de Israel sempre tiveram a condição de escolha.

Diga a este povo: ‘Assim diz o Senhor: Ponho diante de vocês o caminho da vida e o caminho da morte. Jeremias 21:8


Começamos a ver que a forma de trilhar o caminho da justiça inicia com o arrependimento.

Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: "Confessarei as minhas transgressões ao Senhor", e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Salmos 32:5


Sabemos que o caminho do perdão implicava nos sacrifícios com derramamento de sangue.

De fato, segundo a Lei, quase todas as coisas são purificadas com sangue, e sem derramamento de sangue não há perdão. Hebreus 9:22


Quando alguém apresentava a sua oferta por causa do arrependimento do seu pecado, ainda que não fosse perfeito, a pessoa se tornava justificada e a pessoa justificada poderia ser chamada de justa.

Ora, se o sangue de bodes e touros e as cinzas de uma novilha espalhadas sobre os que estão cerimonialmente impuros os santificam de forma que se tornam exteriormente puros, quanto mais, então, o sangue do Messias, que pelo Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará a nossa consciência de atos que levam à morte, de modo que sirvamos ao Deus vivo! Hebreus 9:13,14

Mas hoje, só o sacrifício de Yeshua serve para justificar.


Vemos que o caminho está definido como um mapa, é só navegarmos com precisão.

Ao olhar o mapa devemos escolher o caminho que queremos fazer.

"Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela.

Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram". Mateus 7:13,14


Hoje em dia existe um grande número de pessoas que escolhem o caminho estreito, porque querem chegar à vida, mas quando começam a perceber a dificuldade de caminhar por esta via, tendem a desanimar e tentam descobrir se não existe um atalho, um caminho alternativo mais plano e fácil de andar.

Mas curiosamente algumas vezes essas mesmas pessoas acabam achando um caminho que, apesar de florido, é mais difícil de andar do que o caminho da vida.

Traduzindo tudo isso;

O caminho da vida implica em auto negação, humildade suficiente para se reconhecer um pecador, confiança de que o sacrifício de Yeshua é o suficiente para a sua redenção e disposição de obedecer às instruções do Messias incondicionalmente. Poucos querem seguir por aí.


Os atalhos que levam à perdição, oferecem facilidades atrativas como uma vida sem cobranças éticas, liberdade para pecar sem acusações, facilidade para se envolver com o mundo, encontrar parceiros que o apoiem em suas decisões e uma falsa sensação de liberdade, mas ao mesmo tempo, poderá aceitar regras cansativas que o fazem imaginar que se as cumprir estará resolvido contra qualquer acusação.

Um exemplo são os que mesmo conhecendo todo o plano de redenção envolvendo o ministério e sacrifício de Yeshua, enveredam pelo caminho do legalismo.  Observamos que são pessoas que tem um forte apreço aos valores seculares, como músicas profanas, filmes impróprios, festinhas ambientadas em atrativos inadequados a um justo, mas para aplacar a sua consciência são rigorosos em cumprir rituais que os façam se sentir limpos e não precisem acreditar na verdade, pois criam a sua própria verdade.

Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho da verdade. 2 Pedro 2:2


A busca por atalhos faz com que essas pessoas percam a oportunidade de viverem uma verdadeira vida de segurança, felicidade, amor e esperança.

O caminho da vida garante, entre outras coisas, uma experiência única de comunhão com o Eterno, usufruir da presença do Ruach haKodesh, do seu consolo, instrução, livramento, milagres e a certeza de ser filho do Eterno.

"Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim.

Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar.

E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver.

Vocês conhecem o caminho para onde vou". João 14:1-4


Usemos o mapa do tesouro que ensina o caminho para a vida.


Escrito por

Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


Compartilhe:


Leia também:

Estudo sobre Romanos - Parte 6

Vai um cookie aí?

Nós utilizamos cookies para aprimorar a sua experiência em nosso site. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.

Saiba Mais