Uma bíblia aberta em cima de superfície de madeira

Gálatas, uma carta incompreendida - Parte 01

16/12/2022
Por Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


A carta à comunidade Messiânica da Galácia tem uma importância significativa na teologia dos seguidores do Messias Yeshua.

Ao longo dos anos temos visto uma certa dificuldade na compreensão de alguns pontos desta carta, os quais tentaremos comentar neste estudo.


A carta aos Gálatas foi escrita provavelmente no ano de 55 EC, ainda que alguns contestem, mas é confirmada a sua autoria como sendo de Shaul de Tarso.


É importante notarmos os detalhes da introdução dessa carta;

Paulo, apóstolo, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Yeshua haMashiach e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos, e todos os irmãos que estão comigo, às comunidades da Galácia: Gálatas 1:1,2

A linguagem usada por Paulo soa pouco judaica por parte dos gentios judaizados puristas defensores do judaísmo, mas é exatamente a linguagem usada pelos judeus messiânicos do Primeiro Século da Era Comum.

Shaul descreve a sua condição reconhecida pela liderança da comunidade messiânica em Jerusalém.

Ele não coloca Yeshua apenas como um personagem histórico que devemos lembrar como um mártir de uma causa e um profeta a ter suas palavras avaliadas e julgadas, mas o coloca como personagem ativo juntamente com o Eterno agindo em perfeita conformidade, alguém com quem ele tem afinidade, um ser divino conforme Isaías 9.6-7.

Se Yeshua fosse um homem apenas, não teria a distinção que Paulo lhe dá!


Segue Shaul deixando clara a sua visão para a comunidade;

A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Yeshua haMashiach, que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém. Gálatas 1:3-5

Yeshua foi o responsável por pagar o resgate pela nossa vida de pecados, coisa inviável para um homem nascido como todos os homens. Negar que Yeshua tem origem divina, nasceu de uma virgem e tem direito a adoração é negar a Torá e rejeitar o Eterno, Shaul coloca Yeshua no mesmo nível do Eterno! Por que? Porque é assim que os primeiros messiânicos já entendiam o Messias, por isso Paulo fez a construção da frase usando “e do”, unindo Deus nosso Pai com Senhor Yeshua.


Depois da sua introdução repleta de recordações do que já havia sido ensinado à comunidade gálata, Shaul entra direto no problema que fora detectado no meio dos gentios messiânicos que serviam ao Eterno e conheciam a Yeshua;

Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça do Messias, para seguirem outras supostas Boas Novas que, na realidade, não são Boas Novas de forma nenhuma. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter as Boas Novas do Messias. Gálatas 1:6,7

No meio do Primeiro Século já apareceram pessoas fazendo o que hoje vemos com bastante frequência, pessoas, movidas por sei lá qual motivo, entendem as Escrituras de forma deturpada e querem impor as suas ideias a pessoas volúveis que se tornam vítimas desses pregadores falsos messiânicos que criam perturbações e confusão na cabeça de muitas pessoas que antes até estavam bem em suas comunidades, mas sob a influência maligna de elementos que não recebem inspiração do Ruach, mas possivelmente de outra fonte, abandonam as suas raízes e enveredam por espaços que mais se assemelham a pântanos espirituais.

Shaul soube de alguns perturbadores estiveram nas comunidades da Galácia e espalharam o seu veneno arrastando até os seus líderes a seguirem perversões das Boas Novas. E o pior, é que foi com facilidade.


Todos os que sabem que um dia foram tocados pelo Espírito de Deus para reconhecer que Yeshua ou Jesus é o seu Salvador e sabe que a sua vida foi transformada, precisam ser inteligentes o suficiente para rechaçar qualquer doutrina que coloque em questão aquilo que o Eterno lhe deu de convicção;

Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue Boas Novas diferentes daquelas que lhes pregamos, que seja amaldiçoado!

Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia Boas Novas diferentes daquelas que já receberam, que seja amaldiçoado! Gálatas 1:8,9

Sim, eu sei que acontece com razoável frequência que pastores e líderes podem se desviar do seu chamado e enveredar pela ganância e irresponsabilidade espiritual para com os seus congregados, ensinando heresias e desviando do alvo que é a salvação, esses prestarão contas de seus atos, mas algumas pessoas ficam tão decepcionadas que preferem culpar toda a comunidade e escolhem se afastar do caminho das Escrituras generalizando as falhas a todos os líderes sem nem mesmo conhecer todas essas pessoas, tornando-se alvos fáceis para qualquer um que fortaleça a sua decepção a ponto de rejeitar tudo o que viveu, até mesmo as coisas boas.

O alerta de Shaul ainda é válido para as nossas vidas, como ele disse, ainda que nós mesmos, ou seja, os próprios evangelizadores originais da comunidade poderiam mudar de posição, ou mesmo que tenha uma experiência sobrenatural de ver “anjos” ensinando algo diferente do que foi revelado a você pelo Ruach, saiba que até anjos se desviaram da presença do Eterno e que demônios podem se apresentar como anjos de luz.

Portanto, CUIDADO, não deixe a presença de Deus na sua vida ser aviltada por aquilo que você até gostaria de ouvir, mas que não é a verdade.

Se alguém se deixa enganar por doutrinas de demônios, não pense que poderá se justificar diante do Justo Juiz alegando que foi enganado, quem seguir doutrinas espúrias será julgado pela própria escolha.


Shaul era bem racional e gostava de exercitar a inteligência das pessoas;

Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo do Messias. Gálatas 1:10

Vamos raciocinar, o que é mais importante? Agradar os homens ou ao Eterno? Acredito que você responderia agradar ao Eterno, mas na prática, tem muita gente mais preocupada em agradar as pessoas e esquece o Eterno.


Validando a mensagem que Shaul recebeu;

Irmãos, quero que saibam que as Boas Novas por mim anunciadas não são de origem humana.

Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; pelo contrário, eu o recebi de Yeshua haMashiach por revelação. Gálatas 1:11,12

Considerando que, Shaul tinha uma sólida formação judaica, acima da média dos judeus da sua época, era confiante no seu conhecimento da Torá, era ativo na sua religião e era valorizado até pelos seus superiores, portanto não tinha motivo nenhum para querer mudar a sua fé.

A primeira experiência com Yeshua ele teve a caminho de Damasco, o Eterno instruiu e enviou a pessoa certa para transmitir a ele as instruções iniciais, ele se retraiu em oração para aprender mais e o Espírito de Deus lhe deu revelações maravilhosas, por isso era difícil alguém se opor a ele.

Nesse caso seria prudente desconsiderar a sua instrução para nós?


Shaul tinha tudo para construir uma carreira de liderança religiosa bem sucedida;

Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo, como perseguia com violência a comunidade de Deus, procurando destruí-la.

No judaísmo, eu superava a maioria dos judeus da minha idade, e era extremamente zeloso das tradições dos meus antepassados.

Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios, não consultei pessoa alguma. Gálatas 1:13-16

Há um texto que realmente me toca profundamente e ajuda a entender o que Shaul disse nesta passagem;

As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.

Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. João 10:27,28

O Eterno conhece uma pessoa muito melhor do que ela mesma, e a conhece antes de ela vir ao mundo, de fato antes mesmo da criação, portanto Ele sabe qual será a escolha de alguém em determinada situação.

Assim o Eterno escolheu Shaul antes mesmo de ele nascer, e não importando o que ele fizesse e nem o que aprendesse, a revelação do Eterno o levaria ao caminho pré-programado para ele. Mas não pense que é diferente para a sua vida, se você ouviu a voz de Yeshua e creu nele, é porque você pertence ao seu rebanho, caso contrário seguiria um mercenário. Uma ovelha conhece a voz do seu pastor.


Shaul era temido entre os messiânicos, levou um tempo para ser aceito no meio e perdoado pela sua perseguição;

Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e tornei a voltar a Damasco.

Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro pessoalmente, e estive com ele quinze dias.

Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Jacó, irmão do Senhor. Gálatas 1:17-19

Sua interação foi gradativa, mas aos poucos foi conquistando o respeito a que tinha direito.


Ele ia onde não era conhecido, assim tinha mais liberdade para compartilhar Yeshua entre os judeus;

Quanto ao que lhes escrevo, afirmo diante de Deus que não minto.

A seguir, fui para as regiões da Síria e da Cilícia. Gálatas 1:20,21

Nesse contexto, se estivesse mentindo sobre alguma coisa logo iria vir à tona.


Shaul defende a sua autoridade para poder tratar do que ainda viria pela frente, se ele não fosse respeitado a verdade não seria conhecida e os desvios ainda hoje seriam predominantes.


O seu testemunho começou a ser conhecido e divulgado;

Eu não era pessoalmente conhecido pelas comunidades da Judéia que estão no Messias.

Apenas ouviam dizer: "Aquele que antes nos perseguia, agora está anunciando a fé que outrora procurava destruir".

E glorificavam a Deus por minha causa. Gálatas 1:22-24

O perseguidor agora era conhecido também como perseguido.

Mas o testemunho de transformação era especialmente marcante, ficava evidente que o Eterno podia transformar qualquer pessoa, mesmo a pior delas.


Esta é a primeira parte do estudo sobre a Carta aos Gálatas.

No próximo estudo teremos a continuação.

Escrito por

Rosh Gilberto Branco

Tempo de leitura: minutos


Compartilhe:


Leia também:

O que o Eterno espera de você

Vai um cookie aí?

Nós utilizamos cookies para aprimorar a sua experiência em nosso site. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.

Saiba Mais