“OUÇA ISRAEL,
O SENHOR NOSSO D’US É UM”


Em 1996 um grupo de judeus e gentios que criam em Yeshua como o Mashiach vindo de D’us passou a se reunir para orar pela salvação do povo de Israel. Com o tempo este grupo cresceu e viu-se a necessidade de ter um espaço próprio para se reunir e professar sua fé em Yeshua e celebrar sua identidade judaica de forma plena. Com esse propósito iniciou-se a Congregação Judaica Messiânica Beit Mashiach, que teve a inauguração oficial dia 17 de janeiro de 1997.

    Hoje, somos uma sinagoga onde os judeus podem professar que creem que Yeshua é o verdadeiro Messias de Israel e ainda viver plenamente a sua vida judaica; e onde gentios, que compartilham amor pelo povo de Israel, possam juntos adorar o santo nome de HaShem. Sendo um lugar onde um judeu, um descendente de judeu e um gentio se unem em adoração ao nome de D’us, enfatizamos que esta união é a perfeita e agradável vontade do Eterno. “Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Mashiach também. Pois todos nós fomos imersos em um Ruach, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Ruach.” (I Cor. 12:12-13)

    O principal alvo da C. J. M. Beit Mashiach é levar o conhecimento sobre o Messias judeu aos judeus.


A PALAVRA DE D’US

    Um judeu que toma a decisão de dedicar a sua vida a Hashem e recebe Yeshua como korban (sacrifício) costuma ser muito mais fiel à Torá do que o era anteriormente, pois a sede de ter um relacionamento pessoal com D’us torna intenso o desejo de conhecer intimamente as

    Escrituras que formam o Tanach, e estas passam a ter um significado mais vivo e completo.
Cremos que a palavra de D’us, a Bíblia, é única e perfeita. Hashem nos enviou a Torá e nos revelou o Tanach para que nosso povo pudesse andar sob sua santidade e direção. Em nossa sinagoga, a Brit Hadashá tem a mesma importância da Torá e do Tanach, pois ela preserva as revelações, os ensinamentos e as profecias proferidas pelo Messias durante sua primeira vinda. E juntas estas escrituras formam a completa revelação do coração de D’us ao homem.


IDENTIDADE MESSIÂNICA


    Não é nosso propósito transformar gentios em judeus e nem judaizar nenhum outro grupo religioso, por isso não fazemos conversões de gentios para o judaísmo. Ao mesmo tempo não fazemos discriminação entre nenhuma origem étnica, são todos bem-vindos entre nós, por isso um judeu que crê em Yeshua como Messias continua judeu e um gentio continua gentio, ainda que messiânico, conforme a orientação do Shaliach Shaul em I Coríntios 7.17-20.

    Consideramos que somente um judeu que receber Yeshua como Messias poderá ter a unção do Ruach HaKodesh, pois foi declarado por Yeshua que somente quem tem o Filho de D’us tem comunhão com o próprio D’us, conforme João 14:21, João 14:16, 1 João 2:23, 1 João 5:12. Portanto não reconhecemos a autoridade espiritual de nenhuma liderança religiosa que não recebeu o Mashiach Yeshua.

    Vivemos plenamente as alianças e pactos do Eterno para com o povo de Israel, distinguindo-os das alianças para com os gentios.